Mercado Financeiro em euforia: O que fazer?

Um dia atípico no Ibovespa esta segunda-feira 09 de março, a abertura com forte queda no início do dia fez a Bolsa entrar em circuit breaker, que é um mecanismo de segurança que paralisa a movimentação da bolsa no intuito de reequilibrar as movimentações de compra e venda.

O que fazer nesse caso?

Sabemos que nos últimos meses uma onda de euforia tomou conta do mercado e entrevistas com especialistas, convites e direcionamentos para que as pessoas viessem para a bolsa fizeram e fazem parte do nosso cotidiano jornalístico.

Segundo o analista da Clear Corretora, Fernando Góes, em momentos de quedas expressivas como essa, antes de mais nada, é ideal que o iniciante saiba claramente a diferença entre o trader e o investidor, antes mesmo de começar a investir. “Existem pessoas na Bolsa que estão querendo se aproveitar das oscilações dos preços no curto prazo e ganhar dinheiro com o sobe e desce da Bolsa e existe quem está investindo seu dinheiro em ações, apostando no crescimento das empresas e pensando na valorização no longo prazo”, comenta.

É importante que se tenha conhecimento tanto do seu perfil e que a partir daí se defina em momentos como esse seus pontos de saída, o que nos especialistas chamamos de stop. A mágica do mercado é reconhecer os erros rapidamente, perder o mínimo possível e maximizar os ganhos quando se acerta.

Para os que investem visando longo prazo mesmo que seja um entrante, é importante que conheça os movimentos do mercado, os ciclos e principalmente que ele vá investindo aos poucos, minimizando assim eventuais perdas e em momentos como o que estamos passando agora, poder se beneficiar dos preços em baixa. 

Momentos de baixa não são surpresa para ninguém, nos últimos anos tivemos pelo menos em mais de 10 momentos situações de circuit breaker.

Enfim, períodos como esse podem ser visto como oportunidades, tanto para os que buscam ganhos com a oscilação do mercado, quanto para os investidores de médio e longo prazos.

Vamos acompanhando as movimentações do mercado e desejando a todos boa sorte nas suas análises e realizações.

E você está comprado ou vendido?

Escrito por Magno Vianna – Professor da FBM e FGV